grinin elli tonu izle

3º Seminário Nacional das Missões Populares

3º Seminário Nacional das Missões Populares

 

1 – Tema: “Passemos para a outra margem” (Mc 4,35)

Passar para a outra margem significa o lançar-se, arriscar e não ficar na mesmice, fazendo a opção “do templo à casa”, “do sacro ao profano”; É deixar de considerar a Missão Popular apenas como um evento e ver nela um meio para ajudar a Igreja (comunidade, paróquia, diocese); Passar para a outra margem é colocar-se em estado permanente de missão e “embarcar” na vivência da sinodalidade.

O tema chama atenção, provoca e faz apelo à mudança.

 

2 – Data: 23-27 de novembro de 2022

 

3 – Local: Casa de Hospedagem Dom Luciano Mendes de Almeida - CCM / Brasília – DF

 

4 – Objetivo geral

Redescobrir o lugar e a importância das Missões Populares e relançá-las numa Igreja sinodal e em estado permanente de missão.

 

5 – Objetivos específicos

  • Reafirmar a identidade das Missões Populares e sua importância no processo de conversão pastoral da Igreja no Brasil e da formação de comunidades eclesiais missionárias;
  • Contribuir com a caminhada missionária da Igreja no Brasil através de reflexão, de interpelações e de novas propostas;
  • Ajudar na atualização e renovação das Missões Populares, relançando-as em um novo contexto eclesial e social. Neste sentido, esta “mudança de época” exige mudanças nos métodos missionários;
  • Em um espírito de sinodalidade, ajudar na implementação dos diversos projetos do Programa Missionário Nacional 2019-2023;
  • Retomar a história dos Seminários Nacionais das Missões Populares em sua primeira e segunda edições;
  • Avaliar as orientações, recomendações e pistas de ação do 2º Seminário;
  • Promover uma melhor articulação nacional das diversas expressões das Missões Populares.

 

6 – Justificativa do Seminário

  • Ao celebrarmos os 15 anos de Aparecida, ainda “encontramo-nos diante do desafio de revitalizar nosso modo de ser católico e nossas opções pessoais pelo Senhor para que a fé cristã se enraíze mais profundamente no coração das pessoas” (DAp 13);
  • O 2º Seminário foi realizado antes da V Conferência de Aparecida, da qual se esperava “um novo Pentecostes que nos livre do cansaço, da desilusão, da acomodação ao ambiente; esperamos uma vinda do Espírito que renove nossa alegria e nossa esperança” (DAp 362);
  • O pontificado “missionário” do Papa Francisco com a sua ênfase na Igreja em saída e uma nova consciência missionária na Igreja a partir do Concílio Vaticano II;
  • A ênfase sobre a missão paradigmática – entendida como natureza, essência, existência da Igreja e de cada fiel – em relação à missão programática – feita de programas, projetos, planejamentos apenas;
  • O reconhecimento e a insistência da Igreja no Brasil, que através das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil desde 2003, sublinha a validade desse método evangelizador;
  • O amadurecimento da consciência missionária na Igreja no Brasil, manifestada no Programa Missionário Nacional 2019-2023.

 

 

As Missões Populares são uma pastoral extraordinária que, através da sua espiritualidade e dinamismo próprio, complementam à pastoral ordinária e se colocam a serviço dela.