Tema para o Dia Mundial da Paz 2024

O Papa Francisco já escolheu o tema para o Dia Mundial da Paz de 2024, celebrado em 1º de janeiro: “Inteligências Artificiais e Paz”. O argumento foi divulgado nesta terça-feira, 8 de agosto, pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral através de um comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé. O notável progresso feito no campo da inteligência artificial tem um impacto cada vez mais profundo na atividade humana, na vida pessoal e social, na política e na economia.

Segundo o Dicastério, o Papa Francisco pede “um diálogo aberto sobre o significado dessas novas tecnologias, dotadas de potencial disruptivo e de efeitos ambivalentes”. O Pontífice ainda lembra a necessidade de se estar vigilante e de se trabalhar para garantir que “uma lógica de violência e de discriminação” não estejam vinculadas ao se produzir e se usar esses dispositivos, em detrimento dos mais frágeis e excluídos:

“Injustiça e desigualdades alimentam conflitos e antagonismos. A urgência de orientar a concepção e o uso das inteligências artificiais de forma responsável, para que estejam a serviço da humanidade e da proteção da nossa casa comum, exige que a reflexão ética seja estendida no âmbito da educação e do direito.”

Ao divulgar a inteligência artificial como tema de reflexão para o Dia Mundial da Paz de 2024, o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral ainda destaca a importância de se “proteger a dignidade da pessoa e o cuidado de uma fraternidade verdadeiramente aberta a toda a família humana” como condições indispensáveis para que o desenvolvimento tecnológico contribua para a promoção da justiça e da paz no mundo.

Com informações VaticanNews e CNBB

Grupo de 23 missionários de 14 países que está cursando o CENFI 125 é acolhido na sede da CNBB

Grupo de 23 missionários estrangeiros de 14 países que fazem parte da 125ª edição do

Amazônia é destaque de formação missionária

O Centro Cultural Missionário (CCM), com a colaboração da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia

Diáconos Permanentes abordam sua identidade e responsabilidade missionária

CCM promove formação missionária para os diáconos, uma oportunidade para fortalecer a compreensão da responsabilidade

Mais notícias

Grupo de 23 missionários de 14 países que está cursando o CENFI 125 é acolhido na sede da CNBB

Grupo de 23 missionários estrangeiros de 14 países que fazem parte da 125ª edição do

Amazônia é destaque de formação missionária

O Centro Cultural Missionário (CCM), com a colaboração da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia

Diáconos Permanentes abordam sua identidade e responsabilidade missionária

CCM promove formação missionária para os diáconos, uma oportunidade para fortalecer a compreensão da responsabilidade

CAEM realiza sua primeira reunião em 2024

No dia 28 de fevereiro, a nova equipe do Centro de Animação e Estudos Missionários

Missionários realizam a última etapa do curso de pós-graduação em Missiologia

A formação foi pensada em três módulos, buscando oportunizar um tempo para aprofundamento dos estudos.

Papa: a missão não é um manual a ser aplicado, mas obra do Espírito Santo

Francisco entrou caminhando na Sala Paulo VI enquanto os milhares de fiéis e peregrinos o