CENFI 125 – Curso de Iniciação a Missão no Brasil

Para Missionários e Missionárias Estrangeiros

De 17 de março a 14 junho de 2024

O Curso do CENFI (Centro de Formação Intercultural) é um Curso de Iniciação à Missão no Brasil, promovido pelo Centro Cultural Missionário (CCM) de Brasília, DF, organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

É dirigido aos missionários e missionárias destinados ao Brasil por um período prolongado para aprendizagem do português e o estudo sobre a realidade brasileira. É importante que os superiores considerem as motivações dos candidatos. Essa etapa necessita de pessoas conscientes e dispostas a assumir um profundo processo de discipulado.

A iniciação à missão no Brasil é um tempo muito especial: tempo para aprender a língua portuguesa e para mergulhar e conhecer melhor os costumes e as aspirações do povo brasileiro; tempo para se despojar da própria cultura sem arrancá-la; tempo para revisar os critérios pastorais para melhor se colocar diante dos novos apelos; tempo para uma verdadeira encarnação, embora carregando os valores da própria cultura como bagagem que acompanha sempre; tempo para valorizar as diversas culturas dos irmãos e irmãs do curso; tempo para aprender novamente o que Deus pede de cada um como parte de um novo povo.

Para os dias que passaremos juntos no CCM, além do curso de que participaremos, seremos convidados a cultivar um estilo de vida de despojamento, serviço, acolhida, de irmãos/ãs, isto é, de vida comunitária (nada de isolamento, projetos particulares, vida individual, programas paralelos, etc.), espiritualidade e cuidado com o todo que nos envolve.

O Curso do CENFI não é apenas um curso de idioma para missionários. Essa iniciativa compreende ao todo, três áreas integradas:

  • Vida comunitária que proporciona um valoroso intercâmbio entre os participantes, vindos de diferentes países, culturas e igrejas, e uma adaptação à vida no Brasil através de relações fraternas. Portanto, um momento único de poder criar uma verdadeira comunidade onde ninguém se isole;
  • Introdução à sociedade brasileira e à caminhada da Igreja no Brasil;
  • Ensino sistemático da língua portuguesa.

O Curso do CENFI conta com a participação de diversas pessoas de diferentes países que partilham a vida durante mais ou menos três meses. Os tempos para uma primeira inserção, o choque cultural, o desprendimento da realidade de origem, a aculturação e a adaptação num novo ambiente variam muito de pessoa a pessoa. Por isso, é preciso respeitar os ritmos de cada um e de cada uma, dar tempo e espaço para que as pessoas vivam essa passagem de maneira serena, sendo acompanhadas pela coordenação do curso no que for possível e oportuno.

Ao mesmo tempo, essas pessoas estão aqui juntas na mesma caminhada de iniciação à missão no Brasil. As relações que vão tecer ajudam e fortalecem o percurso de cada um e de cada uma. Essas relações são indispensáveis. Se forem simpáticas e construtivas, tornam-se um recurso extraordinário na superação de algumas dificuldades de adaptação. Assim sendo, cada participante é responsável pela caminhada do outro, como um verdadeiro irmão. No curso do CENFI tocamos com a mão numa experiência inédita: que a vida e a missão cristã são essencialmente uma vida e uma missão em comum, em comunidade.

Por esses motivos, recomendamos vivamente presença, pontualidade e participação ativa às aulas, respeito às regras da casa e às pessoas responsáveis pelo curso, envolvimento nas atividades comunitárias como avaliações, celebrações, serviços, rodas de conversa, passeios e confraternizações. Recomendamos que ninguém venha com projetos particulares, se isole fazendo seu mundo ou seu grupo à parte. O desafio é caminhar juntos. É bom que saibam que primamos pela vida comunitária. Se não somos capazes de dar testemunho de vida comunitária teremos muita dificuldade de viver com alegria e profundidade a missão que nos foi confiada.

As orações e as celebrações comunitárias são preparadas cotidianamente por equipes, que se reúnem para partilhar a vida, refletir sobre a Palavra de Deus e preparar a liturgia (não é só distribuir quem faz o que na oração e na celebração). Durante a semana, seguindo a regra da casa, a oração da manhã/Eucaristia será às 07h. Aos sábados e domingos os missionários/as participam das missas nas paróquias que se encontram no Plano Piloto.

De acordo com as situações e as sugestões dos próprios participantes, poderão ser propostos retiros, celebrações penitenciais, reza do Terço, vigílias e momentos de oração. Para o bom andamento do curso, pedimos encarecidamente a gentileza de observar as orientações da coordenação da casa e os horários das refeições.

Os participantes do Curso do CENFI serão acompanhados em grupos e pessoalmente pela coordenação do curso através de encontros periódicos. Procuraremos avaliar o processo de aculturação de cada um, de adaptação ao ambiente da casa, de participação do curso e de entrosamento com o grupo.

Caso algumas pessoas manifestem motivos de dificuldade em permanecer no curso, poderemos aconselhar a qualquer momento outros caminhos de iniciação à missão no Brasil.

O CENFI se propõe iniciar as missionárias e os missionários estrangeiros à inserção na sociedade e na cultura brasileira por meio de exposições e debates sobre elementos históricos e antropológicos do Brasil, diversidade cultural e suas expressões, questões sociais, tradições e fenômenos religiosos, caminhada da Igreja no Brasil e sua ação evangelizadora.

O conteúdo programático será ministrado em quatro blocos através de exposição por conceitos gerais de caráter sintético, para facilitar a contextualização das missionárias e dos missionários estrangeiros na realidade brasileira:

  1. Visão geral e aspectos específicos da caminhada da Igreja Católica no Brasil;
  2. História da formação da sociedade brasileira;
  3. A questão socioambiental no Brasil: desigualdade socioeconômica, exclusão social, devastação da natureza e ação da cidadania;
  4. A questão religioso-cultural no Brasil: culturas e religiões dos povos brasileiros, o catolicismo popular, o espiritismo e o pentecostalismo;

Cada bloco de conteúdo poderá ter a exposição de dois ou três assuntos específicos. A programação temática será apresentada ao longo do curso. Cada tema será apresentado por um especialista, professor universitário ou assessor/a da CNBB, na parte da manhã. Durante os dois primeiros meses do curso, as aulas de português acontecerão na parte da manhã. No terceiro mês, na parte da manhã, serão ministradas as aulas sobre a realidade brasileira e, na parte da tarde, as aulas de português.

A terceira área integrada – ensino sistemático da língua portuguesa – objetiva fornecer ao aluno a possibilidade de estudar e aprender a língua portuguesa brasileira em todos os seus aspectos – gramatical, contextual, comunicativo – para que o missionário e a missionária possam desenvolver as suas atividades no país, bem como um conhecimento da realidade brasileira, tudo interligado com a vida comunitária.

O curso adota a metodologia comunicativo-estruturalista que consiste no ensino da língua por meio de exercícios estruturais, textos, filmes, documentários, conversação em sala de aula, atividades extras (exercícios complementares), além de oferecer material específico para assimilação dos sons da língua. Durante o estudo da língua, o aluno terá contato com a história, a geografia, a sociedade, os costumes, a arte, as tradições culturais, a religiosidade popular, a caminhada da Igreja por meio de atividades, conferências, confraternizações, passeios e eventos.

O Centro Cultural Missionário busca professores cujo perfil de trabalho atenda às necessidades dos alunos(as) que se inscrevem para o curso nesta instituição. Atualmente contamos com profissionais capacitadas no ensino de língua portuguesa como língua estrangeira.

A avaliação é realizada periodicamente durante todo o curso, isto é, o aluno estará sendo sempre avaliado por meio de atividades sugeridas pelo professor. Estas atividades consistem em dinâmicas de grupo, avaliações individuais (exercícios) e projetos elaborados pelos alunos. Ao final, o aluno receberá um Atestado de Conclusão do Curso.

Experiência em Paróquia: durante o CENFI, serão oferecidas oportunidades de experiências missionárias em algumas Paróquias da Arquidiocesede Brasília, durante alguns finais de semana (três ou quatro). Serão oportunidades em que os cursistas serão convidados a participarem das atividades propostas pelas comunidades que os acolherem durante o final de semana, servindo para exercitar os conhecimentos da língua portuguesa e como oportunidade de conhecer novas realidades eclesiais.

Noite Cultural (Festa dos Continentes): durante o curso, costuma-se realizar uma noite cultural. É interessante que o cursista traga elementos culturais de seu país de origem, próprios para este momento, tais como materiais, símbolos, vestimentas, imagens, músicas etc.

Cultura local: “A cultura em Brasília se confunde com a própria cidade já que ela é patrimônio Cultural da Humanidade. São 112,25 quilômetros quadrados de área tombada e o único bem contemporâneo a receber esta distinção. Nela estão monumentos e edifícios que são marco da arquitetura e urbanismo modernos. Brasília foi inscrita na lista da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 7 de dezembro de 1987. Estes lugares são reconhecidos como patrimônio de todo o mundo, independente do território onde estejam. O objetivo é a sua preservação para as futuras gerações.” Por isso, os cursistas são convidados a aproveitar os momentos livres para visitarem e conhecerem a cidade de Brasília, seus monumentos, museus, espaços culturais e oportunidades que são oferecidas à população em geral.

O curso completo, composto pelos dois módulos, corresponde ao investimento de R$14.000,00 (quatorze mil reais). CENFI 125: de 17 de março a 14 junho de 2024; CENFI 126: de 19 de setembro a 13 de dezembro de 2024;

Somente o segundo módulo do curso corresponde ao investimento de R$5.000,00 (cinco mil reais). CENFI 125: de 19 de maio a 14 de junho de 2024; CENFI 126: de 17 de novembro a 13 de dezembro de 2024.

Salientamos que o investimento aplicado inclui: curso com material didático, hospedagem com roupa de cama, toalha de banho, internet, alimentação, deslocamentos previstos na programação do curso. O valor pode ser dividido em até 3 vezes no boleto bancário.

Formas de pagamento:

  1. Transferência Bancária via PIX: ccm.missionarios@gmail.com
  2. Boleto Bancário solicitado no preenchimento da Ficha de Inscrição [será enviado via e-mail]
  3. Depósito: Agência 0484 – Conta Corrente: 21 835-9 (*)

 

(*) OBS: Pedimos que esta conta seja usada exclusivamente para o pagamento da taxa do curso, não sendo usada para envio de valores para uso particular dos cursistas, visto que isso acarreta dificuldades em nossa contabilidade.

Aos missionários (as) que chegam, sejam bem-vindos/as! A Igreja no Brasil sente-se profundamente grata com sua presença e com sua entrega à causa missionária e deseja de alguma forma colaborar com sua inserção no meio de nós, através desse serviço oferecido pelo Centro Cultural Missionário, filial da CNBB. Você é um dom que nos alegra do fundo do coração! Fazemos votos que possam aproveitar ao máximo as oportunidades oferecidas, como momento único de aprendizagem, adaptação e aculturação à realidade brasileira. O Centro Cultural Missionário está à sua disposição.

Experiências

“Cenfi, escola bonita e produtiva para nós”. Meil Udiel Luzano Francisco, religioso da Congregação do Imaculado Coração de Maria e meu país de origem é Filipinas.